IVI: A valorização de uma história, de um clube sem história.

Vocês sabem como a IVI trabalha.
Notícia boa de um profissional ligado ao Inter, é dado destaque ao coloradismo dele.
Se a notícia foi boa sobre um gremista, a notícia chama a pessoa de “gaúcho” ou “da dupla”, para não dar enfase ao maior do Sul, que é o nosso tricolor.

Agora, ao falar do sucesso do Felipão, Renato e Mano Meneses, dizem que eles tem “trabalhos na Dupla”, sendo que o único que trabalhou no Inter foi o Mano, quando treinou na base.

Hoje, Mano quer distância do Inter.
Felipão e Renato nunca passaram nem na porta daquele estádio.
Essa IVI…

Todo mundo sabe que a torcida do Inter é minúscula. O Grêmio sempre vence eles em pesquisas aonde procuram saber quem tem mais torcida. O Grêmio vence sempre.

Mas, a torcida minúscula do Inter, tem sua maior parte na imprensa. Até compreendo porquê. Os chefes são colorados. Isso é a IVI. Todas as semanas tem reuniões para tentar abafar que o Grêmio é maior e tentar denegrir a imagem do nosso tricolor. Um exemplo nato, é a comparação ridícula de Messi com Taison. O tal jogador do Inter na época, não amarra um par de chuteiras dele. Tanto que deu para ver aonde foi parar: Só na Ucrânia.

Se fosse um Éverton, um Luan… Isso sim, poderíamos dizer que é melhor que o Lionel.

 

Jael com mais gols que Leandro Damião

O atacante Jael, que por muito tempo ficou na reserva do Grêmio, teve uma média de 12 gols no ano de 2018. Fato. Ele mesmo jogando mal, é o único centroavante que joga no Rio Grande do Sul. Mas, a pior comparação, foi com Leandro Damião, que fez 11 gols em 2018. Mas, o que tudo indica, ele é o centroavante TITULAR do Internacional. Isso é uma piada. O Grêmio brincando no Brasileiro, quase passa o Inter na tabela. O colorado teve o ano inteiro para focar no Brasileiro, pois tudo que era mata-mata, foi varrido e deram um pontapé, caiu fora nas fases mais fáceis. E, daí, o Grêmio consegue ficar uma posição atrás deles. Além disso, se for pior, o Inter tem como um de seus ”maiores goleadores de sua história” (nasceu em 2006, pois antes era menor que a Ponte Preta) um jogador que perde em números de gols para o Jael, que não é nem expoente técnico do Grêmio.

 

Ano de 2018

O ano de 2018, foi, mais uma vez, um ano maravilhoso para o Grêmio e péssimo para o Inter. Isso porque o Grêmio conquistou a Recopa e eles não conquistaram nada.

Podemos jogar na cara da torcida colorada, que ganhamos uma taça. Eles vão falar de River Plate. Mas, vamos enfiar o nosso dedo na cara de cada um, mostrando a humilhação e o totó de bola que eles levaram para o Tigres, um time sem expressão nenhuma no futebol.

Ainda podemos dizer pra eles que comemoramos um GRE-nal dentro do aterro. Gritamos ”um minuto de silêncio para o Inter que está morto” lá, com eles caladinhos tendo que aguentar isso no osso.

Com isso também, eliminamos eles no aterro também. Eles foram incompetentes, pois precisavam fazer quatro gols para nos eliminar, mas só conseguiram fazer dois. E olha, que na nossa zaga estava o Bressan.

 

 

Sigam o @GremioCeuAzul no Twitter.

 

4 Comentários

  1. Eduardo 4 de dezembro de 2018 Reply
  2. jone 5 de dezembro de 2018 Reply
  3. roberto 5 de dezembro de 2018 Reply
  4. J Lima 6 de dezembro de 2018 Reply

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *