Jornalista da IVI inventando história sobre Pepê

Que a IVI não gosta do Grêmio é fato. É o único meio do Brasil e do mundo que temos mais colorados que gremistas. Mas, agora, chegou em um ponto, que eles precisam dizer que são colorados, pois a perseguição ficou evidente. Só falta vestir a camisa.

No domingo, Pepê foi muito mal na partida e chegou a ser criticado nas redes sociais. Só. Nunca ninguém o vaiou. Já na outra partida da rodada, no beira-lago, a torcida vermelha ficou vaiando os 90 minutos os seus jogadores.

Ontem, em uma matéria, o “pipoca”, aquele apelidado pelo querido RW, escreveu o seguinte:

 

Duvido ele mostrar algum áudio, vídeo em que a torcida esteja vaiando Pepê. Os simpatizantes, modinhas e turistas, que é a torcida do Internacional, esses sim costumam vaiar e cornetear.

Também, esperar o que, de um meio que comparou Arthur com Charles. O rei, é o maior volante da história do estado. Ele fez gol em GRE-nais, ganhou títulos nacionais e internacionais, honrou o manto e é a maior venda que o estado já teve. Arthur é o melhor volante que já jogou no Rio Grande do Sul.

Isso é matéria de colorado clubista, que quer colocar nós no mesmo patamar, para amenizar a crise e o amadorismo lá do outro lado. Lá, tem conselheiro que corneteia o próprio time, torcedor que recebe para defender o clube do coração. É amadorismo e crise em cima de crise lá do outro lado. Isso deixa eles em nervos.

Até a torcida do Inter sabe que IVI existe e é só lá que são maiores que nós. Inventam uma história de sistema azul, querendo nos plagiar, para apartar essa vergonha que é ser o clube da imprensa.

Olhem a que ponto chega, querendo formar crise para que vaiem o Pepê algum dia.

A torcida do Grêmio nunca vaiou o Renato, já a torcida do Inter já vaiou Falcão. A torcida colorada, quer ter alma castelhana e vangloria D’alessandro que fala que vai “pular da barca”. Já, nós, temos um argentino que joga na seleção, coisa que pouco aconteceu com eles.

Temos um Geromel, que é bom, tem taças e vestiu a camisa da seleção brasileira. Já, eles, tiveram o Índio, que é um Bressan com grife.

Geromel e Kannemann é maior que todos os melhores zagueiros que eles tiveram. Figueroa, era tão bom, que só ganhou brasileiro e não venceu a Libertadores.

Lembro que a imprensa dizia: “Não é só porque o Lucas Leiva venceu o bola de ouro, que ele é melhor que Perdigão”. Isso em 2006, ano que o Inter foi fundado. Hoje em dia, a torcida do Inter diz que Dourado é melhor que Maicon, pois o Dourado venceu a bola de prata. Mas, sempre diziam, que o que valia era ganhar títulos. O Maicon já foi até lembrado pelo Tite, já Dourado não. A única coisa de importante que Dourado tem, é uma medalha ouro nas olímpiadas, que só ganhou porque Luan entrou no time.

Maicon é maior que Perdigão. Pepê, sem expressão no Grêmio, já é maior que o peladeiro Renteria e só falta ser titular para ser igual ao Taison. Somos muito maiores e não merecemos nem ser comparados com a vermelhagem.

 

 

3 Comentários

  1. Avatar Haas 21 de fevereiro de 2019 Reply
  2. Avatar Douglas de Oliveira Azevedo 22 de fevereiro de 2019 Reply
  3. Avatar gola de macaco 22 de fevereiro de 2019 Reply

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *